Portugal leva programa Startup aos EUA


A Casa Branca convidou quadro governantes europeus, entre os quais o secretário de Estado da Indústria português, João Vasconcelos, para participar na Global Enterpeneurship Summit, que decorre esta semana na Universidade de Stanford, na Califórnia.

O evento, onde estão presentes empresários, investigadores e políticos de todo o mundo, é, para o governante português uma oportunidade única para explicar o trabalho que Portugal está a desenvolver na área das startups e dos investimentos tecnológicos, e as oportunidades de investimento que existem no país.

Segundo João Vasconcelos, a candidatura portuguesa, que contou com a ajuda inestimável da embaixada dos EUA em Lisboa, foi sujeita a um processo de vários meses, tendo sido a sua escolha, na opinião do secretário de Estado, o “reconhecimento de que Portugal está no caminho certo”.

A cimeira, que terá lugar entre amanhã e sexta-feira, vai permitir ao secretário de Estado da Indústria falar sobre o programa Startup Portugal, que aborda as 15 medidas da estratégia do Governo para a área do empreendedorismo e do Indústria 4.0, iniciativa que será lançada no próximo mês de julho e que focaliza a sua ação na formação de recursos humanos.
A oportunidade servirá ainda para João Vasconcelos falar sobre o investimento estrangeiro e das possibilidades de coinvestimento que existem nesta área, um tipo de investimento, refere o governante, “que temos privilegiado”.

Recorde-se que é a sétima vez que esta cimeira é organizada, regressando agora aos Estados Unidos, depois de já ter tido lugar na Turquia, Emiratos Árabes Unidos, Malásia, Marrocos e na Quénia, sublinhando João Vasconcelos que ao trazer de volta aos EUA a realização desta iniciativa, o presidente Obama manifesta o seu “compromisso na construção de pontes que nos ajudam a enfrentar unidos os desafios globais”.

Acção Socialista